Mercadinhos São Luiz celebra Dia Mundial da Terra com implantação de Caixa Verde em todas as suas lojas

 

 

No próximo dia 22 de abril é celebrado o Dia Mundial da Terra. A data comemorativa, criada pelo senador norte-americano Gaylord Nelson, em 1970, visa promover a consciência comum aos problemas da contaminação, conservação da biodiversidade entre outras atitudes para proteger o planeta.

Consciente da urgência da preservação ao meio ambiente, o Mercadinhos São Luiz promove diversas ações de sustentabilidade e, uma delas, o Caixa Verde, será implantado em todas as lojas da rede no próximo sábado.

O Caixa Verde foi implantado pela primeira vez em 2014, como projeto piloto na loja da Oliveira Paiva. Agora, todas as lojas também contarão com o Caixa Verde, no qual os clientes embalam suas compras em sacolas retornáveis ou caixas de papelão, pois não são disponibilizadas sacolas plásticas.

A iniciativa visa incentivar os clientes a usarem as embalagens alternativas, diminuindo assim a utilização de sacolas plásticas. Por essa razão, a empresa resolveu criar um caixa exclusivo para esses clientes que querem ter uma atitude sustentável no momento de fazer suas compras. Para que os clientes identifiquem o Caixa Verde, haverá uma comunicação visual diferenciada.

Outras ações de sustentabilidade do Mercadinhos São Luiz

A preocupação com a sustentabilidade nos Mercadinhos São Luiz já é antiga. Em 2012, a empresa substituiu as sacolas plásticas comuns por sacolas plásticas oxibiodegradáveis. Essas sacolas se degradam em tempo consideravelmente menor, cerca de 18 meses, já que o plástico produzido por este processo possui aditivos que aceleram sua degradação ao reagir com o oxigênio. Contudo, antes disso, a empresa já havia começado a comercializar as sacolas retornáveis próprias, bem como já disponibilizava caixas de papelão para os clientes levarem suas compras.

Em junho de 2015, o Mercadinhos São Luiz iniciou o projeto Costume Sustentável com o objetivo de estimular hábitos que protejam o meio ambiente e, além disso, gerem benefícios imediatos para os cidadãos. A primeira ação Costume Sustentável da rede é com o Posto de Coleta de Resíduos Costume Sustentável São Luiz. A partir da coleta seletiva de resíduos, o Costume Sustentável, em parceria com o Ecoelce, gera descontos na conta de energia elétrica.

Qualquer cliente, pessoa física ou jurídica pode se cadastrar no Programa Costume Sustentável, basta levar CPF/CNPJ e a conta de energia. Após o cadastro, o cliente pode levar os resíduos até o ponto de coleta dos Mercadinhos São Luiz, localizado na Av. Ulisses Bezerra, 1300, Cidade dos Funcionários. Neste posto de coleta, os clientes podem trocar papel, vidro, plástico, metal, pilhas, baterias e óleo de cozinha por descontos na conta de energia.

O material coletado no Posto é recolhido pela Associação de Catadores de Lixo do Pirambu (SOCRELP), que é licenciada pela Prefeitura de Fortaleza e dá destinação adequada a todos os resíduos. A associação recolhe também o óleo das lojas. Todo mês, aproximadamente 700 litros são coletados, tratados e adquiridos pela Petrobras Biocombustível para produção de biodiesel na Usina de Biodiesel de Quixadá.

Os Mercadinhos São Luiz possuem também um projeto para a produção de composto orgânico (adubo) a partir de frutas e verduras que são desperdiçadas. O material é levado para um sítio, próximo a Itaitinga, onde o adubo é processado, deixando de enviar um grande volume de resíduos ao Aterro Sanitário.

Em outubro de 2016, o Mercadinhos São Luiz alugou uma usina eólica no Porto das Dunas e a energia produzida nessa usina é contabilizada e transferida para a rede da Enel. O volume energético produzido mensalmente é então abatido do gasto mensal da empresa com a Enel.

Visando a geração de economia, a rede implantou ainda um sistema de economia reversa, o qual concedeu ao Mercadinhos São Luiz, em 07 de fevereiro de 2017, um certificado de acreditação ao sistema Ecoenel Reverse Energy de Logística Reversa de Resíduos Sólidos, integrado ao consumo de energia elétrica, segundo os requisitos estabelecidos da Lei 12.305/10, que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Você também pode gostar leia