Marca Pessoal

 

Olá, caros leitores,

 

Pense: Se você não estivesse presente, como as pessoas falariam de você? Quais adjetivos usariam? Como elas te veem? Você planejou que elas falassem aquilo ou foi algo natural e espontâneo? Muitos profissionais são ótimos no que fazem, mas possuem pouco reconhecimento das pessoas, outros são apenas razoáveis, mas os outros os enxergam como diferenciados. Por que isso acontece?

De um lado temos a Marca pessoal como o conjunto de características físicas, psicológicas, morais e comportamentais que fazem com que as pessoas te diferenciem de outras pessoas, é a sua essência, algo único que você possui e que os outros reconhecem. Ela envolve a reputação!

Do outro lado há o Posicionamento, o espaço que você ocupa na mente das pessoas, como elas te vêem. Quando as pessoas se deparam com uma situação, acabam se recordando de você por causa de seu posicionamento: “ela é gentil como você”!….”esse assunto fulano domina”.

Esses dois elementos formam a sua Marca Pessoal, a maneira como você se coloca e como as pessoas lhe reconhecem. O planejamento de imagem atua na construção dessa percepção como uma forma de expressão: de quem você é, de quem quer ser e de como se sente. Uma imagem planejada não é sinônimo de imagem fabricada! Ainda existe uma certa confusão entre planejamento de imagem pessoal e profissional e projeção de estereótipos. Um profissional de consultoria de imagem contribui com a construção da marca pessoal estudando diferentes elementos do (a) cliente tais como: pontos fortes e restrições do tipo físico, harmonia das cores, traços de personalidade, elementos gestuais, modulação vocal, estilo de vida, profissão, atividades cotidianas, etc. a fim de adequar sua comunicação nã0-verbal (elementos visuais) aos seus conhecimentos.

Sua Marca e seu Marketing Pessoal estão adequados ao mercado no qual você atua ou pretende atuar?

Proponho algumas questões para iniciar a reflexão:

  1. Como é/está o mercado onde quero atuar?
  2. Quais os comportamentos/conhecimentos esperado dos profissionais dessa área?
  3. As pessoas reconhecem em mim qualidades/conhecimentos compatíveis com essa área?
  4. Como é meu comportamento em perfis de redes sociais?

A reputação e o posicionamento podem ser construídos de maneira espontânea, mas também podem ser criadas estratégias e atividades que as faça mudar e melhorar. O conjunto de estratégias usadas para diferenciar uma pessoa é chamado de Marketing Pessoal e compreende a mensagem que você quer comunicar, o meio que usará, o canal, no público que se conectará com aquela mensagem e a forma como irão receber aquela comunicação.

Lembre-se: As estratégias de marca e marketing pessoal devem ser fundamentadas em quem você realmente é e tem a oferecer.

 

Você também pode gostar leia